quinta-feira, maio 20, 2010

Desafio Nacional e PARTICULAR




Bom dia, pessoas queridas. Estou preparando um post há dias, e finalmente vou dividir com vocês o resultado. Fiz três perguntas que acho elucidadoras para alguns autores do Desafio Nacional, e todos me responderam com muita boa vontade. Postarei a pergunta e a resposta de cada um para aquela pergunta, como se estivéssemos em um desses encontros que estamos montando no Rio, em BH, SP e BSB, e do qual em breve vocês terão notícia. Não posso negar que eu também adoraria responder as perguntas que eu mesmo fiz, mas eles - ou elas - juro, responderam por mim, e muito melhor do que só eu responderia:-) Foram bem queridos ainda de recomendar o "Todas as estrelas do céu", mas como o blog é meu, deve ser marmelada! hahaha Vamos lá. À vocês, queridas colegas, muito obrigado pela atenção, e claro, muito sucesso!

O que precisa mudar nos leitores para que as editoras e livrarias valorizem os autores jovens brasileiros, nos moldes do Desafio Nacional?

TAMMY LUCIANO

Não sei se mudar seria o correto, mas sim entusiasmar ainda mais as pessoas com a literatura brasileira. Afinal já temos ávidos leitores nacionais, mas claro isso pode aumentar e só acrescentar o nosso país. Acho que as políticas de apoio aos escritores deveriam existir. Quem escreve no Brasil, e vive disso, sabe quantos desafios precisamos vencer. Quando lancei meu primeiro livro (Fernanda Vogel na Passarela da Vida) fui pessoalmente buscar tarde de autógrafos nas livrarias. Ganhei muito não e tenho na memória a cena do dia em que andei com um enorme poster do meu livro dentro de um shopping, com todo mundo olhando. A gerente da livraria percebeu a minha batalha e me deu apoio. Naquela semana, chorei muito com meu livro na vitrine. Foi lindo! Vejo que muitos livros internacionais vendem porque a editora gastou muito dinheiro na divulgação. Quem disse que se um editor não investir em um autor brasileiro, as vendas também não serão altas? Então, acho que a equação correta seria: os editores e livrarias é que precisam mostrar aos leitores que estamos aqui!

LEILA REGO

O brasileiro lê pouco. E isso é fato. A mudança que queremos ver virá através de um incentivo maior ao hábito de ler (principalmente nos adolescentes), através de livros leves e descontraídos como os dos gêneros: chick lit, fantasia e romances. Foi pensando nisso que criei a campanha Leia o livro, perca o livro - para saber mais acesse o meu blog:http://leilarego.com.br/blog

E acredito que o Desafio Nacional está aí para dar um grande passo rumo à mudança que queremos. Juntos conseguiremos fazer o Brasil ler mais.

PAULA PIMENTA

Acho que os leitores têm que valorizar os autores brasileiros, divulgar os livros para os amigos, pedir nas livrarias quando notar que o livro está em falta, escrever para as editoras elogiando os autores.. Só assim as pessoas vão perceber que os livros brasileiros podem oferecer tanto ou mais que os livros de autores internacionais.

FERNANDA FRANÇA

Olá, pessoal! É um prazer estar no blog do Enderson e "falar" com vocês. :o) Acredito que para os jovens autores nacionais terem maior destaque nas editoras e livrarias, primeiramente é necessária a valorização por parte do próprio mercado. Por que editoras não percebem o potencial desses autores? Por que livrarias não apostam nesses talentos? Para dar um "empurrão", o papel do leitor é fundamental. É o leitor quem pede o livro na livraria, quem pede o livro na editora, quem compra a obra. Se o leitor passar a valorizar o escritor nacional - seja comprando livros, divulgando para amigos, pedindo nas editoras e livrarias, comparecendo aos lançamentos -, o mercado editorial deve passar a olhar com mais carinho para esses autores. Então leitores, vamos à luta conosco?

Onde podemos encontrar o seu livro?


TAMMY LUCIANO "Novela de Poemas” está esgotado, mas “Fernanda Vogel na Passarela da Vida” e “Sou Toda Errada” estão em todas as livrarias. Caso não tenha, só pedir que o livreiro entra em contato com a 7Letras. No meu site (www.tammyluciano.com.br) os livros também são vendidos e eu ainda tenho a honra de autografar! Eu amo autografar livros!!! É uma sensação deliciosa, saber que deixei minha assinatura para quem vai poder ler minhas letrinhas!

LEILA REGO "Pobre Não Tem Sorte" pode ser encontrado em várias livro meu site -www.leilarego.com.br/livros

PAULA PIMENTA

Nas melhores livrarias de todo Brasil, por exemplo: Saraiva, Cultura, Fnac, Leitura, Travessa... eles têm no catálogo, se não tiver na loja física é porque acabou (aí é só fazer o pedido). No site do livro tem também uma parte só com as livrarias virtuais onde o livro pode ser encontrado: http://www.enloucrescendo.com/paulapimenta/quero.htm E por último, pelo televendas da editora (e dessa forma, dá pra pedir pro livro ir autografado!): 0800 283 13 22.

FERNANDA FRANÇA A comédia romântica "Nove Minutos com Blanda", da editora Multifoco, deve começar a entrar nas livrarias. Mas o processo é lento e depende muito da demanda. Por enquanto, o livro pode ser comprado na editora ou comigo, que é o método mais fácil (e o livro vai autografado!). O pedido pode ser feito no site www.fernandafranca.com.br/contato e o leitor pode escolher entre depósito em conta ou cartão de crédito. É só me escrever que eu explico tudo direitinho! :o)


Cite um livro de um jovem autor brasileiro que você recomende e porquê.

TAMMY LUCIANO

Ah, eu vou citar uma autora que merece muito ser lida: Fernanda França. Conheci a Fernanda quando ela me mandou um e-mail, dizendo que acompanhava meu trabalho. Eu respondo todo mundo e acabamos trocando muitas figurinhas. Quando ia imaginar que estava diante de uma escritora tão talentosa? Um tempo depois de papo, ela me convidou para escrever a orelha de “Nove Minutos com Blanda”. Aceitei, mas honestamente não tinha ideia que ia curtir tanto a história. É o primeiro livro oficial da Fernanda mas ela é segura como escritora e muito criativa. Eu até brinquei com ela que nove minutos é pouco para estar com a Blanda! Leiam Fernanda França!

Queria agradecer você, Enderson, por tudo que faz pelos autores brasileiros. Que você receba dobrado esse apoio e dedicação. Tô com você no Desafio Nacional da Literatura! Sucesso para todos nós! Bjinhos, Tammy.

LEILA REGO Vou citar dois:Todas as Estrelas do Céu de Enderson Rafael e A Caçadora de Vivianne Fair. São livros com estilos diferentes, porém, ambos muito bem escritos e de leitura agradável. Super recomendável para quem deseja desbravar o universo literário brasileiro.

PAULA PIMENTA

Recomendo "Todas as estrelas do céu" de Enderson Rafael. Por que? Ah, eu levei uma orelha de livro inteira pra explicar isso! Vocês vão ter que comprar o livro dele para descobrir! :)


FERNANDA FRANÇA Em primeiro lugar, eu cito todos os autores do Desafio Nacional. Todos mesmo, em especial a Tammy Luciano e "Sou Toda Errada". Tammy (que é a orelha do meu livro) é uma ótima escritora! Também indico Patrícia Barboza, que descreve o universo adolescente de maneira deliciosa e a Fal Azevedo, que eu admiro demais com "Minúsculos Assassinatos e Alguns Copos de Leite", que é um livro lindíssimo.

Pessoal, obrigada pelo bate-papo. Conheçam meu site em www.fernandafranca.com.br :o) Alegrias! Fernanda França.


Bom, como vocês devem ter pecebido, apanhei um pouco da formatação, pois ainda não estou full familiarizado com o Blogspot, mas um dia eu chego lá. Mais que a forma, meu forte é o conteúdo hahaha


Beijo pras gurias, abraço pros guris!


PS: pra quem quiser perguntar algo pra mim, estou sempre respondendo lá no formspring.me

Confira;-)

11 comentários:

  1. Adorei MUITO a entrevista coletiva!!
    E concordo com o que todas falaram: precisamos de divulgação, tanto da partes das editoras como da parte dos leitores; e precisamos também de um Brasil com mais leitores!
    Acho que a interação dos leitores com os autores, editoras e livrarias é o ponto máximo; afinal, para ser comprado e lido, o livro precisa de leitores!

    Das quatro autoras eu só não conheço bem o trabalho da Tammy Luciano, mas vou me redimir fazendo uma pesquisa nesse exato momento! Acredito no potencial de todas pra crescer muito e levar a literatura nacional junto também!

    Obrigada pela entrevista e pelas respostas, Enderson, Tammy, Fernanda, Leila e Paula! =))

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Ende, pela atenção. Adorei! E não foi marmelada, não, a Tammy me indicar e eu indicá-la! hahaha... Nós nem sabíamos o que a outra tinha escrito, não é, Ende? Mas reforço meu pedido: leiam Tammy Luciano. Ela escreve MUITO bem. Mas muito MESMO. Um abraço a todos e todas do Desafio Nacional. Fernanda França :o) Conheçam meu blog: www.fernandafranca.com.br/blog

    ResponderExcluir
  3. Nossa, quany]ta gente boa junto!
    Adorei a entrevista, e cada vez mais podemos afirmar , que se unirmos forças, as publicações serão feitas, e ainda veremos os nomes de nossos autores no Rol dos mais vendido!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  4. Enderson, é isso aí q tdos falaram: as livrarias tem q dar um lugar de destaque aos livros nacionais pq soh assim p os leitores saberem da existência deles!!!
    bjosssssssssssss
    ps: li seu roteiro, mto bem escrito e detalhista qto aos lugares, cenas e ateh os sotaques! Vc pensa em tdo neh??haahahha

    ResponderExcluir
  5. Muito legal a matéria!
    Realmente temos que incentivar mais nossos autores! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Agradecer, agradecer, agradecer e agradecer um cara tão bacana como você, abrindo espaço para todas nós! Aliás, dando uma de metida, que mulherada bacana você escolheu, heim!? Ahauahauahauhhhh. Me senti orgulhosa de dividir espaço com essa turma feminina!
    Não tinha ideia que a Fernanda ia falar de mim. Levei um sustoooo! Acho realmente que o livro dela tem tudo para ser sucesso nacional! E agradeço o carinho e as palavras! Me senti chique demais sendo citada por alguém tão competente!
    Espero que essa energia do bem gire ainda mais e nos ajude a alavancar o Desafio Nacional de Literatura!!!
    Beijo para todos! Tammy

    ResponderExcluir
  7. Adorei a entrevista, você escolheu muito bem as autoras ;)

    Acredito que os brasileiros, principalmente os jovens, estão lendo mais, o que atrapalha um pouco são os preços que as livrarias vendem os livros. Muitas vezes um lançamento chega a custar R$49,90 , esses dias fui atrás de um livro que estava por R$59,90.

    Minha parte já estou fazendo, vou até a livraria e pergunto sobre os autores nacionais, estou só esperando o 'Todas as Estrelas do Céu' sair pra 'cair matando' nas livrarias que ñ tiverem.

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi amigo, tem selinho para vc no meu blog,e as regras dele são bem interessantes, passa lá e pega, grande beijo!

    ResponderExcluir
  9. Muito legal o post, Enderson!

    E gostei da idéia de encontros de autores. Será que os leitores-aspirantes-a-escritores vão poder participar também? rsrsrs

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Com certeza, Cintia, estão todos convidados a comparecer, fazer perguntas, das opiniões! Quando tivermos a data e o local, espalharemos no twitter;-)

    ResponderExcluir
  11. Bueno tchê, no meu cantinho eu vivo de leituras de todas as categorias e curto os escritores que me chegam aos ouvidos ou que meu senso escolhe. Mas na minha estante pessoal, além da diversidade de coisas, estão alistados, em maior número, os brasileiros. No meu canto de leitura eu sou mais Brasil. Forte abraço.

    ResponderExcluir